O mundo digital e a renovação do Supply Chain

Supply chain é o nome dado à cadeia de processos e materiais que transformam matéria-prima em um produto de prateleira. Ele envolve diversas empresas que cuidam desde a fabricação de um produto, seu armazenamento, transporte e cadeia de distribuição. E termina com sua disposição nas prateleiras para compra do consumidor final. 

Contudo, nos últimos anos, com a constante necessidade de cumprir a demanda crescente, o supply chain vem sendo revolucionado pela tecnologia. A principal questão hoje se tornou unificar todos esses processos e otimizá-los.

Algumas tecnologias têm surgido com o passar dos anos, como o TMS, YMS e WMS, que atuam respectivamente na gestão de logística fora da empresa, no pátio e dentro dos armazéns. Nesse sentido, todos esses sistemas tentam melhorar a qualidade da cadeia de suprimentos com foco no consumidor final.

Além da distribuição nas quantidades corretas previamente solicitadas, entrega da mercadoria e disponibilidade nas prateleiras, entre outros fatores. Portanto, tais serviços, realizados de maneira otimizada, tendem a reduzir compras de matérias-primas e evitar desperdícios.

Benefícios de um supply chain otimizado

Com os processos estruturados e contínuos, os benefícios chegam de maneira gradual. Por exemplo, um deles é a diminuição de custos operacionais, pois a gestão permite que apenas a matéria prima necessária seja armazenada. Desse modo, o mesmo acontece com a previsão planejada da quantidade transportada e sua distribuição para atender a toda a cadeia de suprimentos.

Produtos como o YMS, que atuam na gestão de pátios dos centros de distribuição (CD), chegam para otimizar e ganhar tempo na carga, descarga, agendamento de docas e tempo dos caminhoneiros dentro do CD. Ou seja, os tempos de espera tendem a cair e o despacho de produtos aumenta, trazendo mais produtividade e contribuindo para aumentar a receita.

Ganhos financeiros e de tempo

A gestão da cadeia de suprimentos requer a adoção de métricas quantificáveis para sua constante melhoria, além da implementação de softwares com ampla visão de processos e seu acompanhamento. Os chamados KPIs são indicadores chave que todo gestor da área de logística deve ter em mãos. Visto que, serve tanto para melhorias e reparação de danos quanto para agilizar a tomada de decisões estratégicas.

Esses KPIs provêm dos softwares e sistemas que fazem esse acompanhamento de cargas, volumes, armazenamento de produtos, tempo de transporte, quilometragem percorrida, gestão de frotas e estocagem, entre outros itens que requerem total gerenciamento.

Por consequência, a operacionalização dos sistemas de acompanhamento e sua correta padronização tornam os processos da cadeia logística mais ágeis e menos suscetíveis a falhas e erros.

Inovações tecnológicas

Dentro desse cenário, a Trackage é uma das empresas que têm ganhado destaque pelas soluções de digitalização para o mercado de supply chain. Um dos seus produtos é o Maestro, um software inteligente que faz a gestão completa de pátios e agendamento de docas.

Esse produto oferece a gestão e visibilidade de toda a cadeia de suprimentos em tempo real, o que permite a rápida tomada de decisões por parte dos gestores. Dentre eles, o ganho de tempo em todas as áreas envolvidas e o melhor: é possível visualizar e identificar onde ocorrem os gargalos.

Em suma, o Maestro é apresentado em forma de dashboards que reúnem os principais KPIs de acompanhamento da companhia. Esses indicativos envolvem volumes transportados, entregues realizadas, caminhões em rota, quilometragem, tempo, entre outros.

Em paralelo, ele funciona na forma de app para os motoristas, que poupam seu tempo de espera para carregar ou descarregar seus caminhões. Ao passo que, eles podem realizar seu cadastro e fazendo sua própria liberação e validação nas portarias do CD, o motorista recebe o número da doca liberada automaticamente e procede rapidamente com sua atividade.

Como resultado, todo esse processo traz uma redução de até 50% do tempo de espera nos pátios e filas.

O Maestro também oferece o agendamento e previsibilidade dos veículos que chegarão ao CD (Centro de Distribuição). Por exemplo, visibilidade completa da jornada do motorista dentro do CD, comunicação com o Motorista, via aplicativo, SMS, Whatsapp e Telegram, redução do tempo dos motoristas e redução de filas nas entradas do CD.

Achou interessante e atrativo? Não deixe de entrar em contato conosco, e acompanhe nossas novidades através da nossa página no Instagram e LinkedIn.

Deixe um comentário