Skip to main content
cobranca-de-bagagem-despachada

Cobrança de Bagagem: Saiba os preços de cada companhia aérea

As companhias aéreas não precisarão mais oferecer franquia gratuita de bagagem para os passageiros, ou seja, fica permitida aqui no Brasil a cobrança de bagagem em voos domésticos e internacionais. (Artigo 13 da Resolução nº 400 da ANAC) 

 

Entenda o que aconteceu

bagagem

A Resolução nº 400 da ANAC gerou bastante polêmica nos últimos meses, chegando até a ser derrubada no dia 13 de março através de uma decisão judicial liminar. No entanto, no dia 29 de abril, a Justiça suspendeu essa decisão e a regulamentação da ANAC passou a ser válida.

A OAB se posicionou contra a nova regulamentação, alegando que a ANAC privilegiou as companhias aéreas, extinguindo a franquia mínima sem exigir de fato uma redução no valor da tarifa.

Para a ANAC, a franquia de 23 quilos prevista anteriormente está fora da média que os passageiros utilizam atualmente em voos domésticos, que é de 12 kg. A expectativa da agência é que isso permita uma queda nos preços e até a chegada de companhias low cost ao Brasil.

 

Vantagens e desvantagens da Cobrança de Bagagem

easter

Os defensores da cobrança de bagagem apontaram vantagens tais como a diminuição do valor da tarifa e possíveis descontos para quem não despachar bagagem. Eles também afirmam que hoje todos os passageiros pagam pela bagagem, que está embutida no preço total da passagem, algo que não seria justo para quem viaja apenas com a mala de mão.

Porém, os contrários à regra permanecem céticos quanto à diminuição das tarifas, alegando que a medida pode ser prejudicial para o consumidor.

Sendo você a favor ou contra a cobrança de bagagem, é importante ficar esperto quanto às tarifas, que já estão vigentes e serão cobradas em sua próxima viagem.

 

Preços de cada companhia aérea

precos-despacho-bagagem

 

Antes da resolução da ANAC, os passageiros podiam despachar malas com até 23 kg (voos nacionais, América do Sul e Caribe) e duas malas de 32 kg cada (voos internacionais), sem pagar taxas extras.

Para que você, consumidor, atualize-se quanto às novas regras, o Blog Trackage selecionou condições de 4 companhias aéreas para cobrança de bagagem a partir da nova resolução.

Veja quais são:

 

1- LATAM Airlines

latam

 

A companhia já alterou a quantidade de malas permitida, peso permitido e também a cobrança do excesso de bagagem, que será realizada por faixas de peso. Saiba mais sobre essas alterações no site da empresa.

Porém, a cobrança de bagagem despachada não será realizada por enquanto pela companhia. No comunicado da companhia antes da liminar ser feita, ela declarou

A previsão da LATAM é começar a cobrar o despacho de bagagem até meados do mês de julho. A companhia já confirmou que cobrará R$ 30 pela primeira mala despachada e também oferecerá descontos de até R$ 40 na tarifa do passageiro que viajar sem despachar a mala, na categoria tarifa light.

 

2- Azul Linhas Aéreas

azul-aereas

 

A Azul afirmou que manterá a tarifa MaisAzul com franquia de bagagem de até 23 quilos e que, a partir do dia 1 de junho irá lançar a Tarifa Azul, válida para voos domésticos partindo do Aeroporto de Viracopos para 14 destinos nacionais.

A Tarifa Azul trata-se de um desconto de 30% no valor da tarifa para o passageiro que não despachar sua bagagem. Ela será inserida pouco a pouco, até que contemple todos os voos da companhia.

 

 

3- GOL Linhas Aéreas

gol

 

A partir do dia 20 de junho, a Gol lançará a Tarifa Light, mais econômica ao cliente que não despachar sua bagagem. As tarifas com preço normal continuarão incluindo uma franquia de 23 quilos de bagagem. Veja mais detalhes no site da companhia.

Se mudar de ideia, o passageiro terá que pagar R$ 30 a mais pela franquia de bagagem, caso solicite  antecipadamente pelo site ou aplicativo, ou R$60 caso solicite diretamente no balcão do check-in. Essa taxa aumentará de forma gradativa conforme o número de malas despachadas aumente.

 

4 – Avianca

avianca

A companhia aérea informou que, por enquanto, manterá as regras vigentes para despacho de bagagem – com franquia delimitando peso e quantidade. Você pode ver essas regras também no site da companhia.

 

E você, o que acha que irá acontecer agora com a cobrança de bagagem? Vai diminuir o preço da tarifa? Vai ficar tudo na mesma?

De qualquer forma, acreditamos que esse texto será muito útil para você: 5 passos para fazer uma mala pequena ao viajar

Deixe sua opinião nos comentários. Compartilhe também sua experiência com despacho de bagagens.

Até a próxima!

 

 

 

 

 

 

Você poderá gostar também:

Pré-venda Trackage
Newsletter

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/trackage/www/blog/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *