Skip to main content
reserva-viagens-celular

4 em cada 10 reservas de viagem serão feitas pelo celular em 2017, diz pesquisa

Ignorar a evolução do celular não é recomendado há tempos para nenhum negócio, porém, a partir de agora poderá ser um erro fatal.

 

O diretor de Marketing e Produtos da Amadeus América Latina, André Shirai Vieira, divulgou no Blog da Amadeus uma pesquisa muito importante feita pela empresa: em 2017, 4 em cada 10 reservas de viagem serão feitas via mobile no mundo – hábito que só tende a crescer.

 

Além disso, um em cada três viajantes já está encontrando acomodações e atividades turísticas através de aplicativos específicos, como Booking e Tripadvisor.

Além, é claro, de poder acompanhar e entrar em contato com diversas empresas de turismo via redes sociais. A Internet irá acabar com a Agência de Turismo?

 

Orientar os processos da sua empresa de viagens para o mobile passa a ser uma necessidade. Pensar na melhor forma de entregar soluções no smartphone do viajante irá influenciar decisões de compra e proporcionar uma nova experiência. Lembre-se: o celular acompanha o viajante antes, durante e depois da viagem.

Não deixe de pensar também em oferecer soluções aplicando Internet das Coisas.

 

Como melhorar a navegação pelo celular da página da minha empresa?

 

Veja algumas dicas para proporcionar uma experiência mobile melhor ao viajante:

 

  • Design mobile-first.  Como estão os processos de venda e comunicação da sua empresa? Estamos na era do mobile. Então é importante recalibrar a arquitetura de tecnologia da sua empresa e adaptar cada recurso para funcionar perfeitamente em um smartphone. Lembrando que funcionar, vai muito além de cumprir tarefas, envolve proporcionar uma experiência memorável ao viajante.

 

  • Ciclo de vida da viagem.  Dar autonomia aos viajantes para se conectarem à empresa via dispositivo móvel durante a viagem é essencial, desde a reserva até o retorno para casa.

 

  • Fidelização do cliente. Usuários de dispositivos móveis instalam, geralmente, um número limitado de apps no celular. Por qual motivo ele instalaria o da sua empresa? E, caso não instale, a navegação no seu site via mobile será legal, fácil, intuitiva? Caso seja, as chances de fidelização serão maiores.

 

  • Chat.  Imagina que chato você estar viajando e ter que se comunicar por e-mail com a empresa de turismo. Ou pior, ter que procurar o número de telefone e ligar para a agência. Já pensou ter um Chat em seu site ou app, para o usuário se comunicar de forma fácil e informal com a empresa? Acessibilidade é tudo nos tempos atuais.

 

  • Novos canais de marketing. Você já criou anúncios e campanhas de marketing digital pensando especificamente em como irão aparecer no celular do usuário? Já se foi o tempo em que eram feitos anúncios genéricos para desktop e mobile, ou pior, que eram feitas as mesmas campanhas online e offline.

 

  • Venda cruzada.  O momento é tudo.  É importante adotar APIs que se converterão em  mais reservas via dispositivo móvel. De que vale todo o seu esforço em estratégias digitais se, no momento da compra, seu usuário preferir deixar para comprar via desktop, abrindo um leque maior para toda a concorrência que já se encontra lá?

 

A dica final é: ofereça toda a estrutura necessária para que a navegação mobile do viajante seja a melhor do mundo. Aumente o máximo que puder a oportunidade dele comprar novamente.
Muito mais do que uma plataforma, o mobile passa a ser um novo estilo de vida.

 

Se você leu até aqui, é por que está interessado em fazer com que sua empresa acompanhe de perto as novas tecnologias do mercado de turismo. Se for este o caso, não deixe de saber mais sobre os planos da Trackage para agências de turismo.

 

Até a próxima!

Você poderá gostar também:

Pré-venda Trackage
Newsletter

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/trackage/www/blog/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

2 comentários em “4 em cada 10 reservas de viagem serão feitas pelo celular em 2017, diz pesquisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *