Skip to main content
viajar-traz-felicidade

Ciência finalmente confirma: Viajar traz mais felicidade do que bens materiais

Bens materiais não trazem felicidade.

Essa é uma frase que provavelmente você ouviu a vida toda, mas que agora foi confirmada pelo Dr. Thomas Gilovich, da Universidade de Cornell, cientista e pesquisador da área de psicologia. Segundo ele, as experiências que você vive, tais como viajar, comer em um restaurante, assistir a um show de música, te farão bem mais feliz do que um Iphone de última geração. 

Foram estudados relatos de pessoas sobre a compra de materiais e de experiências, o que comprovou a tese. No momento da compra, a felicidade da pessoa é similar em ambas as compras. Porém, com o passar do tempo, o nível de felicidade pela compra do objeto diminui, enquanto o da compra da experiência se mantém firme. Ou seja: a adaptação ao produto afeta a felicidade.

Essa conclusão foi a síntese de muitos estudos psicológicos realizados por Thomas e outros cientistas, sobre o Paradoxo de Easterlin, o qual afirma que bens materiais nos trazem felicidade, mas só até certo ponto, pois conforme você se adapta ao produto, sua felicidade ao tê-lo vai se esvaindo, dando lugar a vontade de ter outros produtos.

 

Por isso, é muito importante comprar experiências.

bens-materiais

Existe experiência mais intensa do que uma viagem, onde você conhece um local que havia visto apenas pela TV? Onde você conhece culturas, povos e gastronomias completamente fora da sua zona de conforto?

 

Outro estudo feito em paralelo pelo cientista é sobre conexão com outras pessoas. A experiência te traz mais conexão com outras pessoas do que o bem material, te faz mais sociável. Pode ter certeza que uma conversa será bem mais longa e animada quando duas pessoas descobrirem que fizeram o mesmo mochilão pela Europa do que quando descobrirem que ambas possuem uma Smart TV 4K.

 

Então compre viagens!

comprar-experiencias

Segundo Gunnar Garfors, norueguês que visitou todos os 198 países do mundo,  para viajar basta querer, planejar bastante e fazer disso sua prioridade, não precisando necessariamente ter muito dinheiro. Garfors não tem carro, não procura viajar com luxo e não possui dependentes, fazendo da viagem o seu principal foco.

Com certeza você já ouviu que viajar é o único gasto que te deixa mais rico. Segundo Gilovich, “Você pode até pensar que parte da sua identidade está ligada a esses bens materiais, mas mesmo assim eles estarão sempre separados de você. Ao contrário das experiências, que realmente fazem parte da sua pessoa. Nós somos a soma de todas as nossas experiências”.

 

Viajar é isso!

relaxando-na-viagem

Rir, chorar, gritar, comer, conhecer, decepcionar-se, ver, sentir… viajar nada mais é do que viver com intensidade. Pode ter certeza que, as histórias que você contará a seus netos, serão sobre os lugares para onde viajou e culturas que conheceu, não sobre os objetos que adquiriu. Suas experiências são o que de fato sempre farão parte de você!

 

Pense nisso e comece a planejar sua próxima viagem, mas não se esqueça de ter um Trackage sempre na mala para proteger seus bens materiais, que, apesar de não valerem tanto quanto sua viagem, podem lhe causar transtornos em caso de perda. Até a próxima!

 

 

 

Você poderá gostar também:

Pré-venda Trackage
Newsletter

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/trackage/www/blog/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

3 comentários em “Ciência finalmente confirma: Viajar traz mais felicidade do que bens materiais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *