Skip to main content
feriado-e-saque-do-fgts

Feriados e saque do FGTS irão aquecer o turismo, diz Google.

Feriados e saque do FGTS. Essa combinação de fatores um pouco inusitada promete aquecer o mercado de turismo em 2017. 

“Nós vemos o maior número de feriados como mais uma oportunidade de viagem dentro do orçamento do brasileiro, com o FGTS injetado na sociedade”, disse Felipe Chammas, analista da Google Brasil, ao portal PANROTAS.

A Google entrevistou mais de mil usuários através do Google Consumer Survey e analisou dados de algumas plataformas do grupo, como o Waze, por exemplo, para chegar a essa conclusão.

 

Feriados incentivam as pessoas a viajarem?

google

Com certeza!
34,7% dos entrevistados pela pesquisa da Google irão viajar/viajaram em algum feriado de 2017. Se formos analisar também aqueles que estão ainda considerando a possibilidade, essa porcentagem sobe para 48,4%.

O fator social também deve ser analisado, principalmente com a ascensão das mídias sociais e do compartilhamento. Durante os feriados, pessoas adoram postar suas viagens e experiências. Ao verem essas fotos, é natural que pessoas próximas se sintam instigadas a fazer o mesmo e também viver essas experiências.

Ou seja, 2017, com seus vários feriados prolongados, irá com certeza atiçar potenciais turistas. Vontade é o que não vai faltar de fazer uma viagem.

“Depois de feriados ou do ano novo, por exemplo, acontecem os picos de interesse nas viagens, quando as pessoas veem as fotos e experiências dos outros e acabam criando o interesse em conhecer os mesmos lugares”, conta Felipe.

 

Dados do Waze

feriados-pessoas-locomovem-mais

Segundo o Waze, aplicativo de mapeamento de trânsito, as pessoas se locomovem muito mais nos feriados. A regra é clara: Quanto mais feriados, mais elas se locomovem. A média de quilômetros rodados em feriados prolongados chega a crescer 50% em comparação a média normal.

 

Entenda os saques do FGTS

saque-do-fgts

Foi sancionada esse ano a liberação do saque de contas inativas do FGTS. Um dinheiro que as pessoas não estavam esperando, mas que já sabem o que fazer com ele.

Segundo a mesma pesquisa da Google, 10% das pessoas irão utilizar o dinheiro para quitar dívidas e 10% devem usar para pagar estudos, que são gastos considerados bem mais necessários do que viajar.

Mas pasme, 9% (porcentagem altíssima) das pessoas que terão acesso a esse dinheiro extra, pretender usar esse dinheiro para viajar.

Essa porcentagem representa cerca de 3 milhões de pessoas, que, considerando que viajarão com mais 2 acompanhantes, resulta em 9 milhões de pessoas viajando por causa do saque do FGTS.

 

Não tenho tempo. Não tenho dinheiro.

sem-tempo-e-dinheiro

Essas são as desculpas universais para não se fazer uma viagem. Na Google Consumer Survey, 28,7% de pessoas justificaram a falta de tempo para viajar, enquanto 53,9% alegaram a falta de verba.

Pouco se escuta que a pessoa não viaja por que não quer ou por que não gosta, mas sim por falta de recursos financeiros e tempo.

Ou seja, o excesso de feriados  favorecerá aqueles que não tem tempo e o saque do FGTS, os que não tem dinheiro. O excesso de feriados e saque do FGTS irão com certeza aumentar o número de viagens e viajantes.
O mercado do Turismo agradece! 

 

Perguntas para provocar: O que sua Agência está fazendo para trazer esses potenciais clientes? Qual é o diferencial que você está oferecendo para melhorar a experiência desses viajantes?

Se suas respostas forem ”nada” e ”nenhum”, recomendamos fortemente a leitura desses dois textos:

A Internet irá acabar com a Agência de Turismo?

3 aplicações de Internet das Coisas no setor de Turismo

Ainda teremos muitos feriados e saques de FGTS pela frente. Ainda dá tempo de fazer coisas diferentes e mudar a experiência do seu cliente.

Até a próxima. Continue de olho no Blog Trackage.

 

Você poderá gostar também:

Pré-venda Trackage
Newsletter

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/trackage/www/blog/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *